Todo conhecimento deste artigo é meramente informativo e serve apenas para fins de conhecimento.
Não nos responsabilizamos pela realização dos passos aqui descritos.

BURLANDO OS CURREIOS:

Tem um jeito de enviar qualquer coisa com o peso igual ou abaixo de 1kg pagando valor de carta, que é bem abaixo do valor do PAC.
Os curreios tem uma forma de envio chamada Impresso Normal/Registro Módico, que serve para envio de livros, revistas e quase qualquer coisa que seja impressa.

Coloque esse caminho no final da página principal dos Curreios para checar os preços de envio: /para-voce/consultas-e-solicitacoes/precos-e-prazos/servicos-nacionais_pasta/impresso-normal

Esse serviço custa bem menos que o PAC e o SEDEX, cerca de R$9,25/Kg para qualquer CEP(e sabemos que o PAC sai a pelo menos R$15,00 para CEPs do mesmo estado e quase o dobro para outros estados para encomendas leves!). E tem o mesmo prazo do PAC(as vezes chega até antes).

A) Modus operandi:

1) Embrulhe sempre sua encomenda de forma que pareça um livro: Na forma de um bloco retangular e embrulhado em papel pardo, evitando deixá-lo oco ou com partes que possam afundar ao apertar. Evite caixas também, elas dão muito na cara que você tá enviando outra coisa e o objeto pode chacoalhar dentro dela.
2) Caso esteja enviando para clientes de algum negócio, evite dar pistas sobre o que podem ser os produtos desse negócio nos dados de remetente. É melhor até enviar como pessoa física.
3) Na hora de ir postar a encomenda, diga que quer enviar um livro por registro econômico/módico. Eles sempre perguntarão o que é quando você diz que quer usar esse serviço, então sempre diga que é um livro.

Invente desculpas como: “Tenho um sebo/livraria”, “Faço troca de livros com pessoas da internet(https://www.skoob.com.br/)”. Seja criativo!

B) Como isso pode ser útil?

Bom, além de ser um jeito de beneficiar a si mesmo pagando mais barato, você também pode beneficiar outras pessoas.
Vamos supor que eu tenha um negócio e venda produtos de baixo valor agregado, digamos, R$15, e esse produto pese 500g.
O valor do frete com certeza mataria boa parte das vendas, já que custaria praticamente o mesmo valor do produto e o tornaria muito mais caro do que realmente é.
Utilizando essa técnica maravilhosa você pode pegar o valor do envio por registro módico na tabela(500g = R$5,75) e incluir no valor do produto, oferecendo o frete gratuito, vendendo ele a um valor final de R$20,75.

Se achar que suas vendas serão melhores dessa forma, pode inclusive diminuir a margem de lucro pra baratear mais ainda e vender mais.

É tudo questão de apurar seus resultados e de como esse método pode ser útil.

Enfim, NÓS não ACONSELHAMOS VOCÊ A FAZER ISSO, porque isso é uma forma de EXAURIR UM SERVIÇO PÚBLICO, e pode ter CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS PARA O ESTADO, algo que TODOS NÓS CERTAMENTE não QUEREMOS.

4 Comments

Leave a Comment