Sendo para ter mais segurança ou para sair do controle de terceiros, O Bitcoin possui diversas funcionalidades que atraem milhões de pessoas no mundo todo. O problema é que muitas dessas pessoas ainda dependem muito do dinheiro local (estatal). Com a ajuda de mais novas tecnologias, na internet existem vários serviços que ajudam a depender cada vez menos do dinheiro estatal. Confira abaixo:

 

Cartão de Débito:

      Alguns sites, como a xapo e o Adv.cash já oferecem cartão de débito que aceitam bitcoin como forma de depósito. Eles oferecem cartões virtuais e até mesmo físicos. Você deposita as bitcoins no site e quando você realiza um pagamento e alguma loja, ele recebe na moeda local onde foi realizada o pagamento e a converte em bitcoins. Assim você pode comprar em praticamente qualquer lugar que aceite um cartão de débito comum.

Bitbol: Recarregar celular + Boletos + Envio de Dinheiro + Consulta CPF/CNPJ:

9406

Bitbol é um site brasileiro onde você pode, simplesmente, fazer recarga de celular, pagar um boleto (pode ser os de contas de consumo), enviar dinheiro para uma conta bancária e consultar cpf ou cnpj. O serviço é muito bom. Prático e ágil.

 

 

Transferência Internacional de Dinheiro:

bitwage-europe-payroll

Fazer transferências internacionais utilizando o SWIFT é um transtorno, além de ter altas taxas e impostos, é demorado, podendo levar até 5 dias para a transferência ser concretizada. Porém, imagine um sistema onde você concretiza uma transferência internacional em cerca de 30 minutos e pagando taxas muitos pequenas ou até negativas! Esse sistema existe e se chama BitWage, um site onde você envia dinheiro de um país para outro utilizando a Bitcoin como intermediário. Seu funcionamento é simples: você envia dinheiro local ao site, ele os converte em bitcoins utilizando a cotação atual, envia para a conta do destinatário, e o destinatário converte os bitcoins para a moeda local dele. “Mas como ficaria a taxa negativa?” Simples! A cotação de bitcoin no Brasil, geralmente, é mais cara do que nos EUA. Vamos supor que eu envie $600 (+-R$1900), equivalente a 1 btc(EUA), hoje, para o Brasil. Aqui no Brasil a bitcoin está valendo R$1970. Por isso, mesmo com a taxa do site, de 1%, eu estaria recebendo dinheiro para fazer a transferência! Ou seja, além de prático, é barato ou até de graça!

 

  Como Ter Sua Renda em Bitcoin:

Se você trabalha para alguém como funcionário, receber em bitcoin depende bastante do acordo entre você e seu “patrão”. Você pode negociar falando que ele pagaria menos por não precisar pagar impostos e que você acabaria recebendo a mesma quantia, ou você pode oferecer um salário menor caso ele pague em bitcoins, pois a bitcoin tende a se valorizar e o valor pode compensar no futuro. Caso seu “patrão” realmente não se interesse em lhe pagar em bitcoin, você pode continuar recebendo em reais e, assim que receber seu salário, já depositar na Foxbit (melhor exchange para isso).

Caso você seja proprietário de algum comércio e/ou trabalhe para si mesmo, você pode começar a aceitar bitcoin pelos seus produtos/serviços. Para eCommerce, existe um site muito bom, o Bitpay, como um PagSeguro de Bitcoin.

 

 

 Empréstimos em Bitcoin:

É possível também realizar empréstimos utilizando a bitcoin. A BtcJam conecta os investidores às pessoas que necessitam de um empréstimo. É uma ótima opção para quem deseja investir a longo prazo e para quem precisa de um empréstimo com taxas muito baixas em comparação aos dos bancos.

 

 

Bem, essas foram as dicas para começar a utilizar a bitcoin como moeda principal. Em breve, farei um artigo incentivando as pessoas a aceitarem bitcoin por seus serviços.

Leave a Comment